SHBG Testosterona
A Importância da SHBG na Biodisponibilidade da Testosterona

A SHBG (Proteína de Transporte das Hormonas Sexuais) é uma proteína produzida no fígado e está relacionada com a diminuição dos níveis de Testosterona Livre.

Quando queres conhecer os teus níveis de Testosterona e pedes ao teu médico que prescreva esta análise, normalmente ele pede o doseamento de Testosterona Total

Mas, também existe a Testosterona Livre que não pode ficar esquecida, já que é muito importante conhecer o seu valor!

O que é a Testosterona Livre?

A maior parte da Testosterona circula no plasma sanguíneo ligada a proteínas como a SHBG (1) e a albumina, no entanto só cerca de 1% a 4% está na sua forma livre.

Como o próprio nome indica, como ela circula de uma forma “não ligada”, é intitulada de Testosterona livre.

Assim, a Testosterona livre circula livremente na corrente sanguínea, encontrando-se disponível para se ligar aos recetores existentes no organismo.

Para perceberes melhor, repara nesta equação:

Testosterona Total = Testosterona ligada à SHBG + Testosterona ligada à albumina + Testosterona Livre

Perante determinados estímulos que desencadeiam picos de Testosterona, o teu hipotálamo força a libertação dessas moléculas de Testosterona, uma vez que elas se encontram presas nessa “reserva”.

A Testosterona Livre, que circula livremente no plasma sanguíneo, apresenta funções muito importantes, tais como:

  • Aumentar a libido e o desempenho sexual;
  • Estimular o sistema imunitário, …

Agora, certamente, já percebeste a razão pela qual no início deste artigo referi que além de ser importante dosear os níveis de Testosterona Total, não é menos importante pedir o doseamento da Testosterona Livre.

A má notícia é que, como já referi, os níveis que possuis de Testosterona Livre representam apenas 2% dos níveis de Testosterona Total e, segundo alguns estudos, cerca de 60 a 70% dessas moléculas encontram-se “aprisionadas” na SHBG e a restante, na albumina!

A boa notícia é que existe a possibilidade de aumentares os níveis de Testosterona Livre, de forma natural!

Então, a batalha que precisas travar para garantir uma maior percentagem de Testosterona Livre será reduzir os níveis da SHBG, para que ocorra um menor aprisionamento das moléculas de testosterona.

Então, para conseguires baixar os níveis da SHBG, é importante entenderes que fatores estão relacionados com o seu aumento.

Fatores que podem desencadear níveis elevados da SHBG:

1. Idade – a SHBG aumenta à medida que a idade avança.

Esta é uma das razões pelas quais entre os 40 e os 70 anos de idade, os níveis de Testosterona Total caem 1,6% ao ano. A Testosterona biodisponível, ou seja, a fração livre, cai 2% ou 3% ao ano e a SHBG aumenta cerca de 1,3% ao ano.

2. Gordura – o aumento de gordura corporal e visceral, especialmente a gordura armazenada no fígado, aumenta os níveis da SHBG, portanto, diminui os níveis de Testosterona Livre com a consequente diminuição da força e de tecido muscular.

3. Estrogénio – níveis elevados de estrogénio conduzem ao aumento dos níveis da SHBG. Além disso, o aumento dos estrogénios no homem deve-se em parte, ao excesso de peso e de gordura corporal.

4. Testosteronaníveis baixos de testosterona também contribuem para aumentar os níveis da SHBG e vice-versa.

5. Medicamentos e bebidas alcoólicas – tanto o uso contínuo de medicação, como o abuso no consumo de bebidas alcoólicas contribuem para aumentar os níveis da SHBG.

A SHBG é produzida no fígado e a maioria dos fármacos que tomas também são metabolizados no fígado, razão pela qual o afetam.

Em relação ao consumo excessivo de álcool acontece exatamente a mesma coisa, devido à sobrecarga que este representa para o fígado.

6. Chá verde – este tipo específico de chá contribui para aumentar os níveis da SHBG, diminuindo assim os níveis de Testosterona Livre.

Depois de conhecidos alguns fatores que contribuem para a subida dos níveis da SHBG, vou apresentar-te a situação inversa e que tanto desejas, ou seja, os fatores que contribuem para a sua diminuição!

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

Fatores que contribuem para baixar os níveis da SHBG, logo potenciam os níveis de Testosterona Livre:

  1. Insulina – níveis de insulina elevados contribuem para a diminuição da SHBG, o que conduz ao aumento da Testosterona Livre.

Mas, CUIDADO, pois níveis elevados de insulina podem desencadear uma condição designada resistência insulínica, responsável pela diabetes e por vários transtornos metabólicos.

O que desencadeia picos sucessivos dos níveis de insulina é o consumo excessivo de hidratos de carbono de elevado índice glicémico, tais como pães, bolos, bolachas, massas…

Então, a solução será aumentar o consumo de hidratos de carbono de baixo índice glicémico, como a batata-doce, a beterraba, o nabo e a abóbora.

Desta forma, os teus níveis de insulina aumentam porque consumiste alguns hidratos de carbono (saudáveis) e os níveis da SHBG irão diminuir, mas sem provocar resistência insulínica, já que tal situação colocaria a tua saúde em risco.

2. Vitamina D3 – a Vitamina D3 é incorretamente chamada de vitamina, porque na realidade trata-se de uma hormona esteróide, que regula mais de 1000 funções no corpo humano, entre as quais se destaca a diminuição dos níveis da SHBG.

Está comprovado que a Vitamina D3 aumenta os níveis de Testosterona e diminui os da SHBG.

O que deves fazer para aumentares as tuas reservas de Vitamina D3?

O sol é a principal fonte de Vitamina D3! Por esse motivo é tão importante apanhar sol!

Mas, atualmente, o que acontece é que a maioria das pessoas expõem-se ao sol muito tempo e cobertas de protetores solares…

Dessa forma, pouco vais aproveitar os benefícios desta fonte natural de vitamina D3!

Deves expor-te ao sol gradualmente, ou seja, começa por te expor 5 minutos e vai aumentando o tempo de exposição sem colocar protector solar. Depois de teres estado exposto 5 ou 10 minutos sem proteção aplica então um filtro solar!

Outra forma de aumentares as tuas reservas de vitamina D3 é comeres peixes gordos selvagens ou fazeres suplementação com óleo de fígado de bacalhau.

Todas estas opções são excelentes fontes de vitamina D3!

3. Boro – Os benefícios do boro estão especialmente relacionados com a manutenção da saúde dos ossos, uma vez que o boro influencia a atividade e a absorção de nutrientes, como o cálcio, o magnésio e a vitamina D.

Todos estes nutrientes são essenciais para a manutenção de ossos fortes e saudáveis!

Alguns estudos demonstram que o Boro contribui para aumentar os níveis de Testosterona Livre e como resultado, diminui os da SHBG.

Os alimentos ricos em boro são, essencialmente, de origem vegetal, como por exemplo: nozes, frutas não cítricas, como a banana e várias hortaliças, como a couve-manteiga!

4. Magnésio – este mineral é um dos mais importantes para o corpo humano. Ele é essencial para a nossa sobrevivência e é responsável pela regulação de várias enzimas importantes no nosso organismo.

Da mesma forma, o magnésio associado à prática de exercício físico pode produzir aumentos nos níveis de Testosterona Livre, na ordem dos 24%, contribuindo para diminuir os níveis da SHBG.

Alguns alimentos ricos em magnésio são por exemplo: sementes de abóbora e de girassol, amêndoas, avelãs, castanha-do-Brasil, alcachofra, espinafre, beterraba, abacate, ameixas e bananas.

5. Zinco – os estudos indicam que este mineral também reduz a SHBG, aumenta os níveis de Testosterona e de dihidrotestosterona (DHT), melhora a qualidade do esperma e diminui os níveis de estrogénio.

O Zinco pode ser encontrado em alimentos de origem animal e vegetal, como por exemplo: carne vermelha, frango, peixe, fígado, legumes, tubérculos e em grande concentração nas ostras, daí estas serem consideradas como um excelente afrodisíaco.

Conclusão

Fatores que contribuem para aumentar e baixar a SHBG
Fatores que contribuem para aumentar e baixar a SHBG

É muito importante conheceres os teus níveis de colesterol, glicémia, ureia, ácido úrico, entre outros, mas não é menos importante saberes os teus níveis de Testosterona Total e de Testosterona Livre.

Mesmo que os teus níveis de Testosterona Total permaneçam elevados, deves continuar atento!

Se a SHBG se encontrar elevada, ela vai aprisionar as moléculas de testosterona e esta hormona não se encontrará biodisponível (fração livre) para se ligar aos recetores do teu organismo, em suma, não irá desempenhar as suas funções.

Da próxima vez que fizeres análises clínicas pede ao teu médico o doseamento de Testosterona Total, mas também o de Testosterona Livre.

Se os níveis de Testosterona Total se encontrarem elevados e os de Testosterona Livre baixos, então é importante quantificar os níveis da proteína SHBG, que muito provavelmente se encontrará elevada!

A idade, o excesso de gordura corporal, o aumento dos níveis de estrogénio, a medicação crónica, o abuso do álcool e o consumo excessivo de chá verde são alguns dos fatores que podem contribuir para isso!

Acima de tudo é importante fazeres uma boa alimentação, privilegiando sempre as boas gorduras e evitando os hidratos de carbono processados, manteres o corpo magro, sem gordura abdominal e com baixos níveis de estrogénio, expores-te ao sol e praticares exercício físico, regularmente.

Da mesma forma, também podes recorrer a alguns suplementos, se achares que existem falhas nutricionais na tua alimentação.

Em conclusão, tenho a certeza que se seguires tudo isto irás conseguir potenciar os teus níveis de Testosterona livre!

Certamente, já percebeste que muitas vezes as situações não são simples de resolver.

Afinal, não basta ter níveis elevados de testosterona total!

Se estiveres a passar por uma situação semelhante, segue os conselhos deste artigo e outros que poderás encontrar Blog!

Aqui encontras várias dicas que te permitem aumentar a Testosterona Livre e baixar os níveis da SHBG.

Além disso, no blog existem outros artigos importantes sobre a saúde hormonal que precisas conhecer!

Termino com uma citação:

“Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo”. Martin Luther King.

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

Sobre o Autor

Carlos Coelho
Carlos Coelho

Olá o meu nome é Carlos Coelho e este é o Blog Poder e Disciplina. Aqui, eu e a minha esposa compartilhamos conteúdos de alto valor sobre treino, dieta, saúde e sucesso. Treino há cerca de 20 anos (com algumas interrupções), mas sempre tentando obter mais conhecimentos nesta área. Fiz uma Pós Graduação através da Universidade Europeia do Atlântico, adquirindo o grau de Especialista em Nutrição Personalizada e Outras Terapias Alimentares. Hoje o meu principal foco é fazer qualquer pessoa emagrecer, treinar, ter saúde e sucesso. De forma natural e apenas com os conselhos do Blog Poder e Disciplina quero poder proporcionar a todos, um estilo de vida extraordinário!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.