Dificuldade Em Emagrecer – 7 Razões Para Isso Acontecer!

Já experimentaste várias dietas para emagrecer e não resultaram?

Existem vários motivos que podem estar subjacentes à tua dificuldade em emagrecer!

1. Consumo Elevado de Calorias

Para emagrecer, a primeira regra a seguir é comer menos, ou seja, fazer restrição calórica!

Se pensas que basta reduzires a quantidade ingerida de hidratos de carbono, estás enganado!

Se o teu objetivo é emagrecer, não podes ingerir, diariamente, a quantidade de alimentos que te apetecer!

Isso trata-se apenas de um mito!

Quando retiras da tua dieta alimentar, a grande maioria dos hidratos de carbono, principalmente, os que são processados, certamente irás conseguir emagrecer, mas apenas até um determinado limite de peso corporal!

Eliminar os hidratos de carbono provoca um “choque no teu corpo”, que reage queimando gordura!

O peso que conseguirás perder inicialmente, depende muito da tua percentagem de gordura….

Assim uma pessoa com uma percentagem de gordura corporal mais elevada e que faça uma alimentação incorreta, perderá mais peso e num menor espaço de tempo, que uma pessoa que possua uma percentagem de gordura corporal inferior e que se alimente de forma mais saudável!

O que acontece é que após perderes os primeiros quilos, que na sua maioria se devem a uma retenção de líquidos acumulados e que são eliminados, vais deixar de conseguir emagrecer com tanta facilidade!

Já te aconteceu algo semelhante?

Nessa altura é necessário fazeres restrição calórica, porque se consumires a mesma quantidade de calorias que gastas, não vais conseguir continuar a emagrecer…

Pensa num exemplo prático:

O que acontece se gastares mais dinheiro do que te é permitido?

O resultado final é o emagrecimento da tua conta bancária.

Algo semelhante ocorre no teu organismo, quando gastas mais do que consomes!

Aproveito para alertar que, para fazer restrição calórica é necessário muita disciplina, determinação e força de vontade, mas sem essas qualidades, dificilmente irás atingir qualquer objetivo na vida!

Uma alternativa para quem tem dificuldade em fazer restrição calórica é utilizar o jejum intermitente, tema este que vou abordar num outro artigo.

2. Perseguir as dietas da “moda” podem prejudicar-te a emagrecer!

Normalmente as pessoas seguem as dietas que se encontram na moda e que anunciam grandes perdas de peso, num curto espaço de tempo e sem sacrifícios!

Realmente, o mundo seria maravilhoso se conseguíssemos atingir todos os nossos objetivos rapidamente, sem esforço, dedicação ou disciplina! Mas, sabemos que a realidade é bem mais dura que isso!

Quando me perguntas quanto tempo é necessário para se conseguir perder 10 ou 15 quilos, eu coloco-te as seguintes questões:

Durante quantos anos cometeste erros alimentares?

Em quanto tempo, aumentaste 10 kg de peso corporal?

Há quantos anos comes tudo o que te apetece, sem praticares qualquer tipo de exercício físico?

Depois de fazeres uma introspeção acerca destas perguntas, vou responder-te à questão inicial…

O tempo necessário para conseguires emagrecer deveria ser, diretamente, proporcional ao tempo que cometeste erros alimentares e que resultaram no aumento do teu peso corporal!

No entanto, vou dar-te uma boa notícia!

O regime alimentar que sigo permite que tenhas perdas de peso entre 10 a 12 quilos, em apenas 2 meses!

Este tipo de meta dependerá, obviamente, da tua percentagem de gordura corporal, e sobretudo, da tua dedicação e disciplina!

Não esperes que seja fácil, pois é sempre necessário algum sacrifício e disciplina, principalmente para aqueles que são totalmente desregrados, em termos de alimentação!

Mas retomando a ideia de há pouco, emagrecer 10 a 12 kg em aproximadamente 2 meses, quando cometeste erros, durante anos a fio merece um grande LOUVOR!

3. Restringir o consumo de gorduras e aumentar o consumo de hidratos de carbono

Restringir o consumo de gorduras e aumentar o consumo de hidratos de carbono
Restringir o consumo de gorduras e aumentar o consumo de hidratos de carbono

Atualmente, o Homem pode ser classificado de “carboólico e gordurofóbico”…

Estes palavrões descrevem o que está acontecer com a maioria dos seres humanos…

Estão completamente dependentes de hidratos de carbono e repugnam totalmente as gorduras!

Mas, a verdade é outra…

Os “grãos modernos” estão a destruir o cérebro e o corpo do Homem, provocando cada vez mais doenças na Humanidade.

Quando falo em “grãos modernos”, refiro-me há maioria das farinhas (trigo, cevada e centeio), massas, arroz, cereais matinais (trigo ou trigo integral), ou seja, grãos de uma forma geral, que na sua maioria são geneticamente modificados!

As teorias que defendo, maioritariamente, fogem das ideias pré-concebidas e já enraizadas, afastando-se plenamente dos interesses das grandes Empresas, como é o caso da Indústria Farmacêutica e da Indústria Alimentar.

A maior mudança na nossa dieta alimentar ocorreu nos últimos 100 anos, em que passámos de uma dieta rica em gordura e pobre em hidratos de carbono, para uma dieta rica em hidratos de carbono e pobre em gordura.

Foi então, que começou a grande epidemia de doenças atuais! Mas essa analogia ninguém está interessado em fazer!

Se melhorares a tua saúde em geral, o excesso de gordura corporal que possuis começará, automaticamente, a desaparecer.

O consumo de gordura numa dieta equilibrada, não é sinónimo de mais gordura corporal!

Existem vários estudos atuais que comprovam que esse conceito está completamente desatualizado!

Além disso, a gordura saturada possui níveis mais elevados de colesterol, que é extremamente importante para estimular o mecanismo hormonal, aumentando a testosterona nos homens e a progesterona nas mulheres.

Eu tenho a certeza, que enquanto as tuas hormonas funcionarem bem, não engordarás!

A título de exemplo, posso referir-te uma condição que a maioria conhece, e que diz respeito aos animais que são castrados ou esterilizados…

A maioria desses animais, normalmente, engordam pois ficam com o seu sistema hormonal comprometido.

Com os humanos passa-se exatamente o mesmo!

Por isso é que com o avançar da idade, tanto os homens, como as mulheres começam a ter problemas com o seu peso corporal!

4. Dormir pouco dificulta emagrecer…

Dormir pouco dificulta emagrecer
Dormir pouco dificulta emagrecer

De acordo com estudos recentes, a falta de horas de sono provoca o aumento de peso e de gordura corporal!

Quanto mais horas passas acordado, mais calorias tens necessidade de consumir!

Certamente que já te aconteceu comeres mais do que é habitual, quando te deitas mais tarde…

De facto, muitas vezes, verificamos a existência de uma maior compulsão alimentar, quando estamos muitas horas em frente à TV ou ao PC, horas essas que deveríamos aproveitar para dormir.

Durante as horas de sono, o nosso organismo realiza funções muito importantes, tais como:

  • Fortalecer o nosso sistema imunológico;
  • Produzir e libertar hormonas (hormona do crescimento, insulina, entre outras);
  • Consolidar a memória;
  • Relaxar e descansar toda a musculatura…

…Entre muitas outras, que se traduzem no melhoramento da nossa qualidade de vida e no aumento da longevidade.

5. Consumir alimentos rotulados de “Diet”, “Light” e afins…

Os alimentos com o rótulo “diet”, “light”, ou outros semelhantes, engordam, contrariamente ao que poderias pensar!

Antes de aceitar este novo estilo de vida, a minha esposa era consumidora assídua deste tipo de produtos!

Ela preocupava-se com o peso, queria manter-se magra e, como tu, deixou-se levar por toda a propaganda enganosa que alicia a compra destes produtos!

Atualmente, ela consome alimentos, nutricionalmente, densos com percentagens elevadas de gordura e pesa 52 quilos!

As margarinas light, os óleos vegetais, os refrigerantes com zero açúcares (mas que possuem aspartame ou edulcorantes na sua constituição), os bolinhos e bolachas light, os cereais ou iogurtes rotulados que “melhoram a saúde cardíaca”, o leite magro e muitos outros, não são considerados comida de verdade!

Estes alimentos estão, na sua maioria, repletos de óleos vegetais hidrogenados (gordura trans) e adoçantes, que apenas contribuem para comprometer a tua saúde, favorecendo o aumento de gordura corporal “mórbida”!

Melhor dizendo, eles já foram comida, antes de serem quimicamente processados e transformados e de lhes ter sido retirado todo o seu valor nutricional!

Quantas vezes já te questionaste porque razão não emagreces, se apenas compras este tipo de produtos?

Bem, agora já sabes a resposta!

O meu conselho é que optes por comer comidas verdadeiras, ou seja, procura alimentos que se encontrem na natureza, os chamados alimentos funcionais, com alto valor nutritivo e evita a todo o custo alimentos que já tenham sido processados!

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

6. Consumir alimentos de baixo valor calórico para emagrecer…

É um grande erro consumires alimentos com baixo valor calórico para emagrecer, já que esse tipo de alimentos nunca te dará a sensação de saciedade!

O que acontece quando consomes alimentos de baixo valor calórico, é que de certeza passarás os dias a “beliscar” comida!

Porquê?

Quando fazes refeições pouco calóricas, passadas poucas horas, voltarás a sentir fome, e voltarás a comer!

Além de não ser nada benéfico para a saúde, vai acabar por aumentar a quantidade de calorias que ingeres, diariamente!

Assim, é importante que a tua alimentação seja composta por alimentos de elevado valor nutricional, ou seja, nutricionalmente densos!

Esse tipo de alimentos vão deixar-te saciado por longos períodos de tempo e obrigam-te a fazer menos refeições diárias, o que favorece o emagrecimento e a tua qualidade de vida!

7. Comer várias vezes ao dia

Comer várias vezes ao dia
Comer várias vezes ao dia

Os nossos antepassados não comiam de 3 em 3 horas, como se apregoa atualmente.

Eles, apenas, comiam quando lhes era possível obter alimentos, que eles próprios procuravam e caçavam.

Este comportamento manteve-se durante milhões de anos e nem assim a raça humana se extinguiu.

Atualmente, existem vários estudos confirmados que demonstram vários benefícios associados à prática do jejum (1)!

Comer de 3 em 3 horas é um comportamento apoiado pela maioria dos médicos e nutricionistas e é seguido por grande parte das pessoas que seguem um determinado tipo de dieta, com o objetivo de emagrecer!

No entanto, este comportamento alimentar apenas beneficia a indústria alimentar e é por isso, que atualmente é tão defendido!

Na minha opinião, o processo de digestão completa não se refere apenas às horas que os alimentos permanecem no estômago a serem digeridos…

A digestão completa demora bastante mais tempo, uma vez que os alimentos permanecem durante 3 horas no estômago, depois seguem-se mais 2 horas para que os nutrientes sejam absorvidos e enviados para a corrente sanguínea e por fim outras 2 horas para se excretarem todas as toxinas geradas…

Só ao fim de 7 horas é que todo o processo da digestão estará completo!

Então, se estivermos constantemente a comer, o nosso organismo estará continuamente a fazer processos de digestão sem parar, como uma máquina que trabalha continuamente, sem momentos de pausa!

O jejum contribui para promover a limpeza celular (autofagia).

Por isso, sugiro que comas 2 ou 3 vezes ao dia, o que certamente será mais proveitoso, tanto para uma maior perda de peso, como para uma melhoria notável da tua saúde geral!

Conclusão

Não existe nenhum segredo para emagrecer, ao contrário do que muitos possam pensar e muito menos acredito na existência de dietas milagrosas!

Segue todas estas diretrizes e sente na tua pele os resultados!

Não compliques o que é fácil e está totalmente ao teu alcance…

Come como um guerreiro, ingerindo carne, peixe, ovos, marisco, vegetais e fruta.

Não precisas de grandes invenções, não precisas complicar…

Basta apenas, que sejas disciplinado e que comas verdadeiramente!

Termino com uma citação:

“Diz-me o que comes, dir-te-ei as manhas que tens” (Ramalho Ortigão)

Vê o resumo deste artigo no nosso canal do youtube…

P.S Não te esqueças de te subscreveres no nosso Canal do Youtube Poder&Disciplina

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

Sobre o Autor

Carlos Coelho
Carlos Coelho

Olá o meu nome é Carlos Coelho e este é o Blog Poder e Disciplina. Aqui, eu e a minha esposa compartilhamos conteúdos de alto valor sobre treino, dieta, saúde e sucesso. Treino há cerca de 20 anos (com algumas interrupções), mas sempre tentando obter mais conhecimentos nesta área. Fiz uma Pós Graduação através da Universidade Europeia do Atlântico, adquirindo o grau de Especialista em Nutrição Personalizada e Outras Terapias Alimentares. Hoje o meu principal foco é fazer qualquer pessoa emagrecer, treinar, ter saúde e sucesso. De forma natural e apenas com os conselhos do Blog Poder e Disciplina quero poder proporcionar a todos, um estilo de vida extraordinário!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.