Menos Refeições e Mais Resultados
Come Menos Refeições e Obtém Mais Resultados!

Sabias que se comeres menos refeições consegues mais resultados?

Quantas refeições diárias achas que são necessárias para aumentar a massa muscular?

Durante a minha juventude e por vários anos ingeri 5 a 6 refeições diárias, com o objetivo de aumentar a massa muscular, ou seja manter o anabolismo e evitar o catabolismo.

Nos anos 80/90, este era o conceito que transparecia nas revistas de musculação e que eu, religiosamente, seguia!

Na altura, sentia-me um “escravo da alimentação”, pois comia de 3 em 3 horas e tinha que programar e preparar as minhas refeições a cada 2 horas e meia!

Será realmente necessário fazer 5 ou 6 refeições diárias, para construir músculo e obter mais resultados?

Quantas refeições deves fazer diariamente para evitar o catabolismo muscular?

Será que o nosso organismo está adaptado a ingerir 5 ou 6 refeições diárias?

Atualmente, são raras as pessoas que possuem tempo, disponibilidade ou vontade, para passar o dia na cozinha a programar e a preparar refeições.

A maioria das pessoas trabalham, possuem uma vida profissional e socialmente ativa, têm filhos para cuidar, saem cedo e chegam tarde a casa e, portanto, não conseguem nem querem ser escravas da alimentação.

Além de não possuírem tempo para isso, seria, sem dúvida, um enorme desgaste e uma grande perda de tempo!

A regra número 1, no que respeita a treino (1) e alimentação resume-se numa única palavra, SIMPLICIDADE!

A minha vida pode resumir-se em 2 períodos, antes e depois da prática de Jejum Intermitente!

Antes da prática de Jejum Intermitente

Como já descrevi anteriormente, nesta altura eu fazia cerca de 6 refeições diárias e tinha o cuidado de comer de 3 em 3 horas, o que me tornou num “escravo da alimentação”.

Como o meu objetivo era aumentar a massa muscular, bebia cerca de 4 litros de leite por dia, o que contribuiu para piorar ainda mais a minha dependência alimentar!

Resultado…

Tempo perdido, gastos desnecessários e uns quilos a mais de gordura corporal a esconder os músculos, ou seja, sem grandes resultados visíveis a nível muscular!

Analisando agora toda a situação, posso concluir que nessa altura a minha vida estava acorrentada à alimentação e eu sentia-me preso e sem liberdade!

Nessa fase, eu era o primeiro a aconselhar a ingestão de 5 ou 6 refeições diárias, e eu, por ser de estrutura magra cheguei a consumir 7 ou 8 refeições por dia.

Esta forma de alimentação ainda hoje é divulgada em revistas de musculação e defendida pela grande maioria da classe médica e de nutricionistas.

Esta falsa propaganda, teve origem na indústria alimentar e de suplementos, que assim conseguiram uma forma fácil de enriquecer à custa da nossa saúde.

Para piorar ainda mais a situação, juntou-se a indústria farmacêutica, que passou a vender cada vez mais medicamentos, tendo em conta a saúde cada vez mais debilitada, da maioria da população!

Tudo isto fez-me repensar e virei-me para uma direção totalmente oposta…

Comecei a pesquisar e descobri novos estudos, que indicavam enormes benefícios em praticar Jejum Intermitente.

Depois da prática de Jejum Intermitente

Menos refeições = Mais Resultados

Quando iniciei a prática do jejum intermitente e comecei a ingerir apenas 2 ou 3 refeições diárias, tudo mudou…

Senti-me livre, ou seja, deixei de me sentir “prisioneiro da alimentação”!

Em primeiro lugar senti uma grande sensação de liberdade física, pois já não precisava programar e preparar, constantemente, as minhas refeições.

Em segundo lugar senti uma enorme liberdade psicológica, pois deixei de pensar no que teria que comer e a que horas teria de fazê-lo.

Além de toda essa sensação de liberdade, deixei de andar com tupperwares atrás cheios de arroz e peito de frango e acabei com os batidos de proteína ou de “Mega Mass”, entre as refeições.

Resumindo, a minha vida descomplicou-se, tornando-se muito mais simples!

Fazer menos refeições abranda o metabolismo?

Não, o jejum intermitente não abranda o metabolismo, uma vez que estimula a produção de testosterona e de hormona do crescimento, que contribuem ambas para o aumento muscular!

Comer menos contribui para o emagrecimento?

Esta é uma questão que me colocam várias vezes e a minha resposta é simples…

Vais conseguir perder gordura e não vais perder massa muscular, mas tudo dependerá da quantidade de calorias ingeridas, diariamente!

O que fazer para ganhar peso corporal?

Se o teu objetivo é aumentar o peso corporal, então nas 2 ou 3 refeições que fizeres deves ingerir a mesma quantidade de calorias que ingerias, se fizesses 6 refeições diárias.

A teoria é simplesmente, comer em apenas 2 ou 3 refeições o que habitualmente era dividido por 6 refeições!

Nessas refeições deves dar prioridade a proteína e gordura e reduzir o consumo de hidratos de carbono!

Uma alimentação correta, aliada à prática de Jejum Intermitente, complementando com treinos de musculação e com um balanço calórico positivo, o teu corpo vai crescer em massa muscular magra.

O jejum é o gatilho que precisas para estimular a produção de hormona do crescimento e de testosterona.

O jejum intermitente está no nosso genoma, pois desde há milhares de anos atrás, que o Homem está habituado à escassez de alimentos.

Era comum fazer apenas 1 refeição por dia! Noutros dias nem isso era possível, simplesmente, porque não conseguia caçar para obter alimento!

Os leões jejuam por várias horas, ou mesmo dias, mas quando comem chegam a ingerir 60000 calorias de uma só vez e todos conhecem a sua potente musculatura, seca e definida.

Como vou conseguir deixar de fazer 6 refeições diárias?

Como vou conseguir ultrapassar a sensação de fome?

O nosso novo projeto SOE – “Segredos Ocultos do Emagrecimento” vai ajudar-te a resolver estas e muitas outras dúvidas!

Este E-book descreve um método simples, único e à prova de falhas que mudou a minha vida e a da minha esposa!

Foram mais de 10 anos de tentativas, MAS FINALMENTE CONSEGUI REUNIR NESTE E-BOOK OS INGREDIENTES QUE LEVARAM ÀS NOSSAS TRANSFORMAÇÕES!

Segredos Emagrecimento
E-book Segredos Ocultos do Emagrecimento + E-book Gratuito

Se praticares a Dieta Paleo ou Cetogénica, não vais sentir dificuldade em deixar de fazer as 6 refeições diárias a que estavas habituado.

Fazer várias refeições diárias, apenas é necessário para quem consome muitos hidratos de carbono!

Os hidratos de carbono são de combustão rápida, o que significa que poucas horas depois de os teres ingerido, sentirás fome!

Se ingerires refeições compostas por ovos, legumes, carne, ou uma generosa posta de peixe gordo vais sentir-te saciado por muito mais tempo e não vais sentir necessidade de comer durante várias horas, garanto-te!

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

Afinal, qual é o problema de comer com demasiada frequência?

É curioso, mas o simples ato de comer constantemente, causa-nos estresse corporal e diminui os níveis de testosterona.

Não significa que deixes de comer para aumentar a produção de testosterona e diminuir o estresse orgânico, no entanto deves evitar comer com muita frequência.

Quando ingeres várias refeições diárias, o teu estômago é sobrecarregado, pois é obrigado a trabalhar, constantemente.

Este trabalho contínuo conduz a um maior gasto de energia.

Essa energia em vez de ser canalizada para o sistema muscular, é gasta nas constantes digestões que o organismo necessita fazer.

Aliás, o desgaste não é só para o estômago, mas também para o intestino que leva uma grande “surra”, ao ser sobrecarregado e obrigado a trabalhar, continuamente.

O que acontece é que todo o nosso sistema digestivo sofre um desgaste enorme!

Isto é prejudicial, pois quando a nossa saúde digestiva fica comprometida, dificilmente o nosso organismo funcionará bem!

Conclusão

A teoria de fazer 6 refeições diárias teve origem na indústria alimentar e de suplementos, que defendia três refeições principais diárias, e acrescentava três batidos de suplementos entre essas refeições!

Faz Menos Refeições e obtém mais Resultados, mantendo um balanço energético positivo!

Comer mais vezes ao dia apenas te torna um escravo da alimentação e esconde os teus músculos debaixo de gordura!

Se queres aumentar o peso corporal, em massa magra e ser mais forte, come menos refeições, mas come refeições compostas por alimentos naturais e nutricionalmente densos, os resultados irão aparecer!

Eu não contabilizo as calorias que ingiro, limito-me a seguir os meus instintos e ingiro 2 ou 3 refeições completas e substanciais!

O meu conselho é que deves VOLTAR à VELHA ESCOLA DE MUSCULAÇÃO!

Muitos culturistas do século passado faziam apenas 3 refeições diárias, ou até menos, como era o caso de Vince Gironda, John McCallum e Arthur Saxon.

Eles faziam menos refeições diárias e todos conhecem os resultados que alcançaram, quer em termos de força, quer de simetria muscular.

Todos eles eram homens fortes, treinavam de forma natural e não recorriam a substâncias anabolizantes.

Aliás, na época de Arthur Saxon, não eram conhecidas tais substâncias!

Atualmente, os homens não são tão fortes, nem tão viris como na Época de Ouro da Cultura Física, em que os culturistas treinavam de forma natural, não tinham necessidade de “achocalhar shakes de proteína” e ingeriam apenas 2 ou 3 refeições diárias.

Nessa época, os níveis de testosterona poderiam impressionar qualquer laboratório de analises clínicas, assim como qualquer mulher!

Quando iniciei a prática de jejum intermitente, a minha vida tornou-se mais simples, perdi gordura e consegui aumentar massa muscular magra, ou seja com menos eu consegui mais resultados!

Por isso, sigam a Velha Escola de Musculação, esqueçam a propaganda atual, comam comida de verdade e apenas quando têm fome.

Seguindo estas diretrizes vão conseguir um corpo com um volume muscular simétrico, atlético e natural, de forma simples, saudável e sem se sentirem prisioneiros da alimentação!

Termino com uma citação:

“As pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito do banho, por isso recomenda-se diariamente”. (Zig Ziglar)

Subscreve-te na lista VIP do Blog Poder&Disciplina

Este Blog é somente para quem quer alcançar um espirito de vencedor(a) e guerreiro(a). É interdita a subscrição a quem se resigna à derrota! Junta-te a esta legião e obterás o sucesso!

Subscrever*100% Livre de Spam

Sobre o Autor

Carlos Coelho
Carlos Coelho

Olá o meu nome é Carlos Coelho e este é o Blog Poder e Disciplina. Aqui, eu e a minha esposa compartilhamos conteúdos de alto valor sobre treino, dieta, saúde e sucesso. Treino há cerca de 20 anos (com algumas interrupções), mas sempre tentando obter mais conhecimentos nesta área. Fiz uma Pós Graduação através da Universidade Europeia do Atlântico, adquirindo o grau de Especialista em Nutrição Personalizada e Outras Terapias Alimentares. Hoje o meu principal foco é fazer qualquer pessoa emagrecer, treinar, ter saúde e sucesso. De forma natural e apenas com os conselhos do Blog Poder e Disciplina quero poder proporcionar a todos, um estilo de vida extraordinário!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.